segunda-feira, 25 de julho de 2016

FARRAPO HUMANO

BRASIL PANDEIRO



"Brasil Pandeiro" é um samba-exaltação composto por Assis Valente para até então amiga e parceira Carmen Miranda. A Pequena Notável, recém-chegada, depois de enorme sucesso nos Estados Unidos,em 1940, rejeitou a letra. Valente ficou magoado, mas a canção adquiriu grande sob a regravação dos Anjos do Inferno. No começo dos anos 1970, foi regravada com grande sucesso pelos Novos Baianos. Assis Valente já havia falecido.

terça-feira, 29 de março de 2016

ADSTRINGENTE CASEIRO

Peles mistas,oleosas ou com acne costuma sofrer ainda mais porque os poros estão abertos. Uma receita simples é lavar o rosto com sálvia. Você vai precisar de:
1/2 xícara de chá de folhas de sálvia (fresca, orgânica e bem lavada), 225 ml de água filtrada.
Leve a água ao fogo até levantar fervura; Acrescente a sálvia e apague a chama. Abafe por 10 minutos. Coe, espere esfriar eleve em uma garrafa com tampa à geladeira. Limpe o rosto de manhã e à noite com o líquido gelado.

segunda-feira, 28 de março de 2016

BOLO DE GENGIBRE

1 e 1/2 xícara de chá de farinhade trigo ou integral, 1 e 1/2 colher de chá de fermento em pó, 1/2 xícara de chá de maisena, 3 colheres de chá de gengibre fresco ralado, 3/4 de xícara de manteiga, 1/2 xícara de chá de açúcar branco ou mascavo, 3 ovos, 1 colher de sopa de canela em pó, 1 colher de sopa de noz-moscada ralada. 
Peneire a farinha com o fermento, a canela e a noz moscada. Junte o gengibre ralado. Em outra vasilha, bata a manteiga com o açúcar. Junte as gemas, uma a uma, batendo bem. Acrescente a farinha com os temperos e misture cuidadosamente. Bata as claras em neve separadamente e acrescente à mistura, mexendo de leve. Coloque a massa numa fôrma untada e leve ao forno pré-aquecido. Asse em temperatura média por 40 minutos. Cubra com glacê ou geléia de frutas vermelhas. Rende cerca de 13 pedaços. 

domingo, 27 de março de 2016

GORI (PICLES DE GENGIBRE)

Os japoneses saboreiam o gari para limpar o paladar e prepará-lo para os diferentes tipos de sushi.
100g de gengibre descascado e cortado em lâminas finas, 2 xicaras de água, 1/2 colher de chá e mais uma pitada de sal marinho, 1/2 xicara de vinagre de arroz, 1 e 1/2 colheres de sopa de açúcar ou mel, 1/2 colher de chá de vinagre de umeboshi (ameixa salgada) ou shoyu (molho de soja).
Coloque as fatias de gengibre em uma vasilha de vidro e adicione a água. Deixe descansar por 30 minutos. Escorra a água, coloque-a em uma panela e leve ao fogo. Assim que ferver, adicione o gengibre e deixe ferver novamente. Escorra a água e espere o gengibre esfriar. Leve-o de volta à vasilha de vidro e salgue ligeiramente com uma pitada de sal marinho. Em uma panela, ferva ligeiramente o vinagre, o açúcar, o sal marinho e o vinagre/molho shoyu, até dissolver. Derrame a mistura quente sobre o gengibre e deixe descansar durante pelo menos 1 hora antes de servir. A conserva dura meses guardada na geladeira. Rende 1 xícara. 

sábado, 26 de março de 2016

AS 9 NECESSIDADES BÁSICAS DO SER HUMANO


SUBSISTÊNCIA - É ter onde morar, o que comer e um trabalho que traga satisfação. Isso, de acordo com Max Neef, promove saúde física e mental, equilíbrio e bom humor. 
PROTEÇÃO - É tudo aquilo a que o cidadão tem direito, como um sistema de saúde eficiente, segurança de ir e vir. É a sensação de estar protegido, seguro. O que isso gera? Autonomia e solidariedade. 
AFETO E AMOR - Ter amigos com quem contar, familiares próximos ou mesmo um animalzinho para cuidar são essenciais entre as necessidades humanas, de acordo com a teoria do economista chileno. Essas relações aumentam a autoestima, a tolerância, a receptividade e os sentimentos bons, como a generosidade e a compaixão. 
PARTICIPAÇÃO - É cooperar com o todo, colocar em prática seus deveres como cidadão, reciclando lixo, economizando água ou fazendo alguma atividade voluntária. A participação traz a sensação de estar adaptado ao meio. Gera também solidariedade, entrega, respeito e disposição.
COMPREENSÃO - Quer dizer compreender e ser compreendido. A educação formal ou informal tem peso aqui. Ler, conversar, ter acesso à informação e sociabilizar promove a satisfação, pois com base nisso se desenvolvem consciência crítica, disciplina e intuição.
ÓCIO - Carpe diem literalmente é aproveitar o tempo livre para lazer, sair com a família e os amigos, fazer algo prazeroso. Seja ler um livro, seja viajar para um lugar calmo, o ócio ajuda na criatividade, imaginação e receptividade. E, de quebra, deixa qualquer um mais tranquilo e em paz.
CRIAÇÃO - É fazer aquilo que dá prazer, no trabalho ou nas horas livres, desenvolvendo habilidades e talentos. Por exemplo, descobrir a capacidade de inventar, construir, interpretar ou desenhar. Os resultados são intuição mais apurada e percepção da realidade.
IDENTIDADE - É composta pelo conjunto de valores de cada um: símbolos, linguagem, religião, cultura. Isso traz a sensação de pertencer, de fazer parte de um grupo.
LIBERDADE - É ter igualdade de direitos, poder ir e vir com tranquilidade, respeitar e ser respeitado. 
Texto tirado da revistas Bons Fluidos, Jul/2003 escrito por Ana Holanda