sábado, 3 de janeiro de 2015

COMO AJUSTAR A COR PRETA EM IMPRESSOS

Por Andy Brown, designer, The Print Design Handbook, www.printhandbook.com

PRETO PADRÃO
Também conhecido como preto standard ou preto 100%, esse tom tem apenas uma tinta no sistema CMYK - 100% de preto e 0 em ciano, magenta e amarelo. Normalmente é usado para textos, já que deixa as letras bem nítidas. É melhor evitar usá-lo em áreas grandes, já que existe a possibilidade de a impressão ficar irregular.

PRETO CALÇADO
Muitas gráficas recomendam que você crie um preto calçado, que também pode ser chamado de preto rico ou "preto de gráfica". Há dois tipos de preto calçado: o azul é criado por meio da adição de ciano ao CMYK. A quantidade recomendada varia de gráfica para gráfica, mas costuma ir de 20% a 40%. O outro tipo de preto calçado é o vermelho, mais escuro, criado a partir da adição de mais magenta e amarelo ao CMYK. Esta versão é mais quente do que a primeira. Novamente, a porcentagem varia de acordo com a gráfica - você pode usar, por exemplo, 50% de ciano, 20% de magenta, 20% de amarelo e 100% de preto.

PRETO REGISTRO
Este tipo de preto usa 100% das quatro tintas do sistema CMYK, e costuma ser rejeitado por muitas gráficas por um motivo simples: como as quatro cores estão em 100%, uma quantidade excessiva de tinta é usada, o que prolonga o tempo de secagem da impressão. Caso esse tempo não seja respeitado, as páginas podem colar umas nas outras e a tinta pode acabar sendo removida do papel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário