sábado, 12 de janeiro de 2013

TIPOS DE ESCRITORES. QUAL É VOCÊ?


Texto tirado de "Escreva seu Livro" de Laura Bacellar
O ESCRITOR GUERREIRO
A postura guerreira é a do escritor que toma uma posição clara e honesta. É a da pessoa que mostra perfeita coerência entre palavras e atos, e comunica aos outros os limites de seu posicionamento. O escritor guerreiro é capaz de dizer um sonoro "não" ao que destoa de suas ideias. Traduzindo-se em escrita, o texto do guerreiro diz "é do verde que eu gosto". Quando você vai ao lançamento, o autor está vestido de verde. E se um grande fabricante de tecidos oferece uma bela quantia àquele autor para que pose de vermelho, a resposta é negativa. A vantagem do escritor guerreiro é que ele evita subir em muros, sendo fácil para o editor e os leitores em geral resolverem se gostam de seu texto ou não. Mesmo que não faça sucesso, o escritor guerreiro conquista o respeito de seus leitores pela sua coerência e autenticidade. E quando faz sucesso, este é duradouro, porque baseado em sua verdadeira essência e não em alguma moda passageira a que porventura tenha aderido. O escritor guerreiro evita falsidades e sabe se colocar.
O ESCRITOR CURADOR
A postura curadora é a de quem presta atenção com o coração. O escritor curador é aquele que fala de questões importantes para toda a sua comunidade, que afetam as pessoas e a si próprio na essência. É o escritor que ouve com carinho as histórias dos outros e conta as suas no momento apropriado, prestando atenção aos ritmos de sua audiência para obter o melhor efeito. É o contador de casos cativantes, que consegue ligar as suas experiências com as dos outros para construir textos que permanecem na memória e na imaginação dos leitores. É o escritor centrado no contar, e não em si mesmo como contador. Sua imensa vantagem é que fala de algo que faz diferença, e assim acalenta seus leitores. O escritor curador evita futilidades e sabe o que realmente toca os sentimentos.
O ESCRITOR VISIONÁRIO
A postura visionária é a de quem diz a verdade sem julgar. É a do escritor que é criativo e está aberto para a sua autenticidade, sem medo de ridículo ou de críticas. É a pessoa que oferece a sua contribuição particular para ajudar o mundo. O escritor visionário escreve porque isso combina com a sua missão de vida, com o que sente que veio fazer na Terra. Ele não escreve por fama ou fortuna, mas porque tem algo a dizer. E utiliza sempre as ferramentas de discernimento, intuição e percepção para procurar a verdade e transmiti-la. É o escritor dedicado à sua mensagem, mas sempre flexível para admitir seus erros e fazer ajustes. O que ele passa é mais importante do que sua imagem ou o que pensam sobre ele. O escritor visionário evita seguir caminhos pré-traçados e mostra aos outros suas descobertas. 
O ESCRITOR MESTRE
A postura do mestre é a de estar aberto ao que acontece, não preso aos resultados. O escritor mestre procura a sabedoria em locais conhecidos e estranhos, em fontes respeitadas e nem tanto. Ele é guiado pelo que precisa saber, não pelos cânones sociais ou acadêmicos ou profissionais. Dessa forma, é o escritor que admite que não sabe, que está confuso, que aguarda novos desdobramentos de um assunto antes de tomar uma posição e que não hesita em abandonar o que não serve. É o escritor que aceita as influências de outros mestres, dos grandes sábios, mas não se apega cegamente a nenhum deles. É o escritor que tenta ver o que os outros não viram e que recebe o novo com prazer e confiança. O escritor mestre evita o que não serve mais e está aberto para aprender com o novo. 

2 comentários:

  1. Adoro escrever,mais n consegui me identificar exatamente com nenhum dos tipos citados acima.Estou meio perdida,ou completamente.Agradeço se tiver uma forma de me ajudar.Agradeço desde já.
    Katia Silva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é fácil Katia, levando-se em conta que o descritivo acima veio de uma revista norte americana, você só pode ser a ESCRITORA BRASILEIRA que acaba sendo um pouquinho de cada. Rs. Me avise que quiser algumas dicas. Eu também estou caminhando pelo mundo literário. 0/

      Excluir