sábado, 7 de setembro de 2013

CONHECENDO O RIO DE JANEIRO PARTE 2

Para quem vai ao Rio pela primeira vez, existem alguns passeios que são obrigatórios. Pegar o bondinho do Pão de Açúcar é um deles. Prepare o bolso que o preço é salgado: 53 reais. Quem estiver hospedado em Copacabana pode chegar fácil pegando o ônibus 511. Mas atenção que na hora de voltar você deve pegar o 512. Não entendi até agora como isso funciona. Rs. Mas foram as orientações que recebi da cobradora na hora da volta pois tive de descer do 511 e esperar pelo 512. Transporte público no Rio é um problema sério, primeiro, por causa do trânsito carregado. Em segundo porque o Rio parece estar sendo destruído de tantas obras que você encontra em cada esquina o que gera os inevitáveis desvios. E também, por conta das manifestações. Então tenha uma boa dose de paciência. Pode acontecer de você ter de fazer um trajeto de 15 minutos em 1 hora. É imprevisível. 

A subida ocorre a cada 20 minutos e é tranquila. Fui em um dia em que o vento estava tão forte que dificultava a minha caminhada do alto dos meus 1,70 de altura e dos meus 84 quilos e o teleférico nem se mexia então acho que quem quer um passeio radical teria de voltar uns 50 anos no tempo e pegar os primeiros bondinhos. Eles estão lá no alto para se ver como eram. Acho que para andar naqueles se precisava de muita coragem. O trajeto é rápido e acontece em duas fases. Como sempre as janelas são disputadas, especialmente as que ficam abertas na dianteira e na traseira. Eu recomendo subir fotografando o lado direito e voltar pegando o lado esquerdo. Mas sem neuras que lá em cima também dá para se bater mil fotos. 

 O teleférico sai da praia Vermelha então se quiser leve uma roupa de banho para curtir a pequena praia um pouco depois do passeio. É um lugar tranquilo em uma área militar com nenhum quiosque (pelo menos não vi nenhum) então a opção é levar um lanche ou comer por lá apesar de todo em volta e as lanchonetes lá no alto estarem na versão escalpela turista estrangeiro. Aliás se você quer saber como é se sentir em uma Babel de línguas basta conhecer estes pontos turísticos famosos. São pessoas de todas as partes do mundo. 
 Chegando na primeira parada você já consegue ter à sua esquerda uma visão do Cristo lá longe. Infelizmente o zoom de minha pequena Cybershot não se presta para estas coisas. Rs. 
 De uma forma ou de outra você consegue imagens muito boas se o tempo estiver ajudando.

Depois que vir tudo na primeira parada no Morro da Urca vá para a segunda pedra, o Pão de Açúcar. 
Lá no alto tem uma área verde que possui muitos atrativos naturais para quem tem os ouvidos e os olhos atentos. 
Segundo um guia a Jaqueira já foi uma verdadeira praga por lá pois parece que a árvore expele algum tipo de substância que impede as outras plantas de nascerem em torno. Realmente, se você olhar, tem muita Jaqueira pra tudo quanto é lado.  
 Estes lagartinhos também existem aos montes por lá. Então cuidado onde pisa.
 Lá do alto se consegue imagens melhores já que estamos no ponto mais elevado do Pão de Açúcar.

  


 De resto, use um tênis confortável para as trilhas íngremes, uma blusa se pegar muito vento e repelente se for ao entardecer. E é claro, uma câmera fotográfica. ;)



Nenhum comentário:

Postar um comentário