quinta-feira, 19 de maio de 2011

MOMENTO SURREAL






Hoje eu fui até a Balsa para atender a uma turminha. Estava encostada no ancoradouro esperando pela dita cuja quando essa criatura branca aí pousou do meu lado. Ainda tive tempo de pegar a câmera da mochila, me posicionar e bater a foto. Parecia até que ela estava esperando. Por isso que eu digo pra sempre andar com uma câmera, por menor que seja. Nunca se sabe. Depois que bati, ela voou. Mesmo os moradores dali ficaram admirados do bicho ter chegado tão perto e ter ficado tanto tempo ali. Coisa de gente urbana ou não, compartilho neste dia esse momento surreal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário