quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

A PRINCESA COM OLHOS DE GATO



A princesa com olhos de gato, resenha de Yasmin Garibaldi (Y.G. - assessora MODO)

Ao acabar a leitura do título em questão, senti algo que a muito tempo não acontecia - uma sensação de êxtase somada a um desejo fulminante em entrar dentro da estória, na tentativa de conhecer pessoalmente as personagens e mudar a trilha de algumas, ou simplesmente, querendo saber mais a respeito do livro II, pois de imediato, era isso que meus impulsos pediam.
Talvez, seja exatamente isso que acontecerá aos próximos leitores - a sensação que se paralisa ao final da trama: "- Ah, por favor... Não termine agora..."
Sim, leitores, foi exatamente isso que senti. Deixei que se passassem alguns dias para que pudesse degustar um pouco mais do choque térmico que é, minha gana pela literatura e a forma como esse livro se entrega a tal gana.


Uma obra espetacular, com todos os ingredientes que se misturam em perfeita harmonia - magia,fantasia,experiências, paixão e escolhas.

As personagens:

Extremamente curiosas, seja pelo tempo em que se dá a trama, seja pela forma original e realista que a autora deu vida a todas elas, com as devidas características correspondentes ao comportamento, ora, mimada e teimosa; ora, sábio e controlador; ora perspicaz e compromissado com a verdade. Quem ler, saberá que falo sobre Loiane, mestre Aluanã e o querido Abner.

Todas os personagens foram muito bem criados e estruturados, com seus interrelacionamentos aprofundados, interagindo com o cenário apresentado. Não tem como piscar os olhos sem sentir medo de perder cada palavra apresentada.

A trama:

Rica em detalhes, é capaz de envolver, sem que o leitor perceba, em poucas páginas lidas.
Foram inúmeras cenas de aventura e ação, todas envolvendo um certo mistério e o sobrenatural comedido ao aspecto apresentado, indo aumentando o teor, conforme a narrativa pedisse, o que me deu, em vários momentos da leitura, ansiedade e falta de ar, pois, quando tudo  parecia estar por um fio, algo acontecia capaz de transformar todo o cenário, chegando a magia, utilizada na trama, a atingir os olhos e sensações do leitor. A impressão é de que se está assistindo  um filme de alta qualidade.

A escrita:

Gostaria neste momento, de parabenizar a autora, pela riqueza de seu vocabulário, muito bem tratado e coerente aos fatos e época. Gostei muito do carisma repassado na sua escrita e a forma como desvendava cada fato diante dos olhos leitores e curiosos. Digo, Gislene tem um tato refinado para lidar com adversas situações abordadas, e o senso de criatividade excepcional, o que encantou, de imediato, a analisadora desta obra, que é quem vos fala.

Desfecho:

Todos os pontos colocados na trama, como desafio aos personagens e ao próprio leitor, foram solucionados. Não teve como não sentir compaixão em muitos momentos por Loiane, e também, uma certa implicância com sua teimosia, porém, personagens possuem vida própria, nem o autor conseguiria mudar seu trajeto quando ela se transveste de sua forma. Fiquei em grande expectativa pelo romance apresentado, torcendo muito e aguardando pelo o livro II, pois tenho a intuição de que fora, no livro I, alimentado um amor puro e verdadeiro pelas circunstâncias em que se fez. Uma grande quantidade de compatibilidade no encaixe entre os pares, embora sejam totalmente os opostos, mas... Lutando pela mesma causa.

Essas foram as impressões que precisavam ser desabafadas.
Amei infinitamente este livro, tornando-se, sem sombra de dúvidas, um de meus favoritos.

Obrigada, MODO Editora pela oportunidade e toda a equipe que está empenhada no sucesso desta obra maravilhosa, a qual, não vejo a hora de ver nas estantes brasileiras.

Recomendo!

Yasmin Garibaldi, assessora MODO.

2 comentários:

  1. Parabéns pelo livro, Gislene e pelo blog, é lindíssimo!!!

    Beijos!



    Me siga também em meus espaços!

    Anna Leão

    www.annaleao.com.br (site)

    http://blogdarainhadafloresta.blogspot.com (blog literário)

    http://annaleao.blogspot.com (blog Metamorfose)

    ResponderExcluir