segunda-feira, 28 de junho de 2010

A ARTE NA IDADE DOS METAIS: UM NOVO MATERIAL DÁ FORMA À BELEZA


Na Idade dos Metais, o ser humano já havia dominado a produção do fogo. Graças a isso, o artista pôde começar a trabalhar o metal servindo-se, possivelmente, da técnica com forma de barro ou da técnica da cera perdida, e produzir peças muito bem feitas.


Esculturas de metal como a reproduzida aqui foram encontradas sobretudo na Escandinávia e na Sardenha. Com representações de guerreiros e mulheres, são ricas em detalhes e servem de documento dos costumes do período.


As técnicas usadas nas primeiras esculturas de metal


O primeiro passo para a técnica da forma de barro era fazer uma forma com esse material, dentro da qual era despejado o metal já derretido em um forno. Depois do esfriamento do metal, a forma era quebrada, obtendo-se, então, uma escultura com o formato anteriormente dado ao barro.


Já a técnica da cera perdida começava com a construção de um modelo em cera que era, depois, revestido de barro e aquecido, tendo-se o cuidado de deixar nele um orifício. Com o calor do barro, a cera derretia e escorria pelo orifício, obtendo-se, assim, um objeto oco. Depois, por esse mesmo orifício, preenchia-se o objeto com metal fundido. Quando este esfriava e endurecia, quebrava-se o molde de barro: dentro dele encontrava-se a escultura em metal, igual à que o artista havia moldado em cera.


5 comentários:

  1. VLW, vai ajudar bastante no meu trabalho!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto mais eu vejo esse blog sendo útil, mais feliz eu fico por tê-lo criado. Obrigada pelo comentário Luciano!

      Excluir
  2. parabens muito melhor do que os blogs q eu to achando, enrrola enrrola e ñ fala nada o seu foi direto e no ponto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui é onde eu guardo o acervo para as minhas aulas. Conteúdo é fundamental. ;)

      Excluir