sábado, 9 de julho de 2011

VÊNUS

Até Vênus já foi feia (rs). Neste quadro ela veste só uma rede de cabelo e colares primorosamente adornados. Está segurando recatadamente um véu e olhando sedutoramente para o espectador. Seu corpo é idealizado, talvez porque os artistas da época raramente utilizassem modelos vivos femininos. Mulheres nuas não eram representadas com freqüência, a não ser que aparecessem em cenas narrativas ou que fossem deusas da mitologia. Lucas Cranach (Alemanha 1472-1553) parece ter ignorado o espírito clássico da época, e por isso seus nus às vezes parecem quase primitivos. A escolha de um tema mitológico e não religioso para este quadro talvez tenha ocorrido porque o patrocinador fosse protestante. Sabemos pouco sobre Cranach além de que sua influência foi grande na Alemanha protestante. Ele parece ter surgido subitamente, e suas melhores obras foram produzidas no início de sua longa carreira. Em seguida, passou a levar a vida fácil de pintor da corte. É chamado Lucas, o Velho, por ter sido o primeiro de uma dinastia de artistas que deram continuidade a suas tradições e seu estilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário